"Ação inteligente", diz presidente da ALEMS sobre a retomada da Caravana da Saúde Foto Paulo Correa
Saúde

"Ação inteligente", diz presidente da ALEMS sobre a retomada da Caravana da Saúde

Natalia Queiroz
06/12/2021
142

Campo Grande (MS) - Com demanda represada pela pandemia da Covid-19, as cirurgias eletivas e os exames serão retomadas em grande escala em Mato Grosso do Sul. Serão realizados, aproximadamente, 129 mil procedimentos por meio dos programas “Opera MS” e “Examina MS”, lançados na tarde desta quinta-feira (2) pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa (PSDB) e outros parlamentares. As ações, que fazem parte da Caravana da Saúde, somam investimentos de R$ 120 milhões.
“É muito mais inteligente, é muito melhor, é muito mais confortável para a população, que está esperando para ser atendida”, considerou o deputado Paulo Corrêa em referência aos programas “Opera MS” e “Examina MS”. As ações contam com parcerias de hospitais e clínicas públicas e privados, que farão atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No momento, são 39 estabelecimentos credenciados, mas esse número deve aumentar. As cirurgias e exames começaram a ser realizados nesta quinta-feira em hospitais e clínicas de 34 microrregiões e cidades, contemplando a população dos 79 municípios do Estado.
“Isso aqui tem a força de Mato Grosso do Sul”, discursou Paulo Corrêa, acrescendo que hoje é um dia para se comemorar. “Agora sim nós podemos falar uma coisa que estava engasgada”, disse o parlamentar em menção à realização, em larga escala, de exames e cirurgias, ação atravancada pelo foco necessário no atendimento de pacientes com Covid-19. “A fila só existe por causa da pandemia. Agora, estamos indo pra cima de um modo inteligente, de um modo diferenciado. Hoje é dia de festa, é dia de mostrar a força do Estado de Mato Grosso do Sul”, comemorou.
Mais de cem mil procedimentos
O governador Reinaldo Azambuja também frisou o travamento de exames e cirurgias eletivas em decorrência da pandemia. “Desde o ano passado, paralisamos muito as cirurgias eletivas e os exames, porque precisamos transferir esses serviços. Todos os hospitais atenderam muito os pacientes de Covid. Isso criou um passivo, um número enorme de pessoas aguardando e cirurgias”, disse.
Azambuja informou, ainda, que, hoje, foram reiniciadas as atividades da Caravana da Saúde, com previsão de realização de 129 mil procedimentos, sendo 70 mil cirurgias e 59.373 exames.  A ordem de atendimento será conforme a fila de regulação. "Contratamos hospitais públicos e abrimos credenciamento para os hospitais privados, que atendem pelo sistema de regulação do SUS.  Também será aberto o credecimento para outros hospitais e clínicas privados e, assim, teremos um grande volume de estabelecimentos realizando exames e cirurgias. Isso tudo bancado com recursos do governo de Mato Grosso do Sul. São 120 milhões de reais em investimentos”, afirmou o governador.
As ações da nova Caranava da Saúde serão em formato diferente, sem necessidade de deslocamento de estrutura para o atendimento dos pacientes.  “É uma modalidade diferente. Os atendimentos serão realizados nos hospitais e clínicas, ou seja, não vamos precisar levar tendas, deslocar uma estrutura. Em cada cidade (hoje são 39 hospitais que nós assinamos), há hospitais e clínicas atendendo [pela Caranava da Saúde]. Por obrigação legal, credenciamos, primeiramente, os hospitais e clínicas públicos e privados que têm serviços prestados pelo SUS. Na sequência, abriremos credenciamento para clínicas e hospitais particulares”, informou o governador.
Com as ações, as filas de exames e de cirurgias eletivas devem ser reduzidas, acentuadamente, até outubro do ano que vem, segundo estima o secretário de Saúde, Geraldo Resende, que também participou do evento. “Até outubro de 2022, nós realizaremos o quantitativo que for necessário com o recurso que for preciso. Temos o suficiente para realizarmos mais de cem mil procedimentos”, afirmou o secretário.  
Serão ofertadas cirurgias eletivas e exames de média e alta complexidades. Entre as cirurgias, estão as ortopédicas, vasculares, oftalmológicas, de otorrinolaringologia e urológicas. Na relação dos exames, estão ressonâncias magnéticas, tomografias computadorizadas, ultrassonografias, cardiovasculares, intilografia, endoscopia e colonoscopia.

Agência ALEMS.

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.