Proprietária de um rancho às margens do córrego Rondinha gravou vídeo do córrego no dia 08/08
Geral

Aguapés cobrem córrego Rondinha e associação alerta sobre poluição da água

Natalia Queiroz
11/08/2021
506

Aparecida do Taboado (MS) – Por meio das redes sociais, a associação SOS Rio Paraná denunciou novamente nesta terça-feira (10) a presença da planta aguapé, que agora além de cobrir por inteiro o córrego Rondinha, também está presente no Rio Paraná.

Segundo a presidente da associação, Leila Mussi, a presença da planta indica contaminação orgânica da água, “o aguapé sempre esteve presente no córrego em razão da poluição, entretanto, este ano está chamando mais atenção por conta da quantidade”, disse Leila ao Costa Leste News.

Durante entrevista, ela também reiterou a importância do diagnóstico para saber qual a causa da presença de grandes quantidades da planta nas águas dos rios.

Aguapés cobrem córrego Rondinha e associação alerta sobre poluição da água

“O que sabemos é que existe a contaminação e ela ocorre em razão da presença de resíduos orgânicos que não estão recebendo o devido tratamento, e cabe às autoridades competentes realizarem uma investigação para identificar o(s) poluidor(es) responsável(eis) e tomar as devidas providências”, explicou.

Leila é proprietária de um rancho localizado às margens do rio Paraná e afirmou que a presença dos aguapés afeta todos os moradores do local, “eu estou recebendo os aguapés na porta da minha casa e essa vegetação, atualmente, está sendo proveniente do córrego Rondinha, onde está ocorrendo o maior prejuízo ambiental. Indago também a respeito do posicionamento do responsável pelo Meio Ambiente da Prefeitura, e do Poder Legislativo, em relação a posicionamentos mais pontuais de cobranças de procedimentos dos órgãos competentes”.

“Sabe-se que desde 2011 existem documentos nas esferas oficiais que demonstram o fato, porém estamos em 2021 e o problema permanece e aumenta a cada dia, e não se observa nada de ações com resultados eficazes”, finalizou Leila.

Aguapés
Conhecida como murué, patinho camalote, baronesa ou aguapé, a Eichornia Crassipes é uma planta presente em águas doces, como rios e lagos, que se alimenta de resíduos orgânicos, como lixo ou esgoto, e em grande quantidade pode causar a mortandade de peixes, atrapalhar a navegação de embarcações e ainda colocar em risco o funcionamento de hidroelétricas. (Com informações do papaaguape)

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.