MS se destaca no cenário nacional como um dos estados menor taxa de letalidade policial
Governo Estadual

MS se destaca no cenário nacional como um dos estados menor taxa de letalidade policial

Portal do MS
30/06/2020
315

Pesquisas divulgadas em nível nacional colocaram Mato Grosso do Sul na segunda posição no ranking entre os estados que mais apresenta redução de mortes em decorrência de intervenções policiais durante confrontos. Na mesma linha, outro estudo ainda aponta que a população considera a Polícia Militar como uma das instituições de Segurança Pública menos violenta da região Centro-Oeste.

Conforme o levantamento publicado neste domingo (28.6) pelo Jornal O Globo, o Estado apresentou um índice positivo com a redução de 63,64% de mortes em decorrência de intervenções policiais durantes confrontos. Mato Grosso do Sul foi na contramão do restante do país que registrou aumento de 26% nos casos. O estudo foi realizado com 15 unidades federativas. Paraíba ficou em primeiro lugar com redução de 71,43%.

MS se destaca no cenário nacional como um dos estados menor taxa de letalidade policial

Os números são ainda mais satisfatórios se considerarmos os primeiros cinco meses de 2019 com o mesmo período de 2020. Dados divulgados pela Superintendência de Inteligência e Segurança Pública, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), apontam que a redução foi ainda maior. De janeiro a maio de 2019, 30 ocorrências resultaram em mortes. No mesmo período deste ano, foram registradas apenas nove mortes. A redução chegou a 70% nos casos. Os meses de fevereiro e março não registram mortes e chegou a elevar o índice a 100%.

Para o atual Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel Marcos Paulo Gimenez, vários fatores contribuíram para que os resultados positivos. “Isso mostra que houve uma ação mais efetiva com a presença do policial em mais áreas de atuação. Nós tivemos aumento de apreensões de drogas, os níveis de ocorrências aumentaram, mas houve a redução da letalidade durante os confrontos. Isto mostra que os agentes infratores estão obedecendo às ordens dos policiais”.

Delegado-Geral da Polícia Civil em Exercício, Adriano Garcia Geraldo, lembra que o fato de ter o confronto não significa que a polícia seja mais ou menos violenta. “Toda ação requer uma reação. A redução da letalidade está mais para a não reação do infrator quando é abordado. Então, a Polícia Civil cumpre seu papel em defesa da sociedade”.

A Sejusp informa que os resultados positivos fazem parte da capacitação e aprimoramento técnico profissional oferecido ao efetivo das policiais Civil e Militar como valorização dos servidores. Isto contribui para a produtividade policial, redução dos índices criminais e uma menor letalidade durante ações policiais.

Confiança na Polícia
O Instituto Paraná Pesquisas, especialista em opinião pública, divulgou nesta segunda-feira (29.6), um levantamento realizado nos 26 estados e mais o Distrito Federal, onde entrevistou 2.258 pessoas em todo o país, entre os dias 23 e 26 de junho deste ano. O estudo quis saber se a população considera a Polícia Militar uma polícia violenta.

A pesquisa revelou que a população da região Centro-Oeste, 59% dos entrevistados não consideram a Polícia Militar uma polícia violenta. Se considerarmos todo território nacional, 55,9% consideram a PM uma instituição não violenta, 38,1% vê violência nos atos policiais e 6% não souberam opinar.

Para o coronel Marcos Paulo, os índices positivos junto à população apontam que a Polícia Militar em Mato Grosso do Sul vem especializando e usando o conhecimento para orientar a tropa.

“Desenvolvemos um trabalho que segue as nossas leis e doutrinas. Os critérios de ação são sempre repassados aos policiais para uma abordagem, a legalidade, necessidade e proporcionalidade, isso faz a diferença. E atualmente, mesmo no período de pandemia, a PM realiza quatro cursos de formação e capacitação e esses conhecimentos são repassados aos alunos via aulas EAD”.

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.