Cresce número de casos de doenças psicológicas em Aparecida do Taboado durante a pandemia
Vida e Estilo

Cresce número de casos de doenças psicológicas em Aparecida do Taboado durante a pandemia

Camila Helem
15/05/2020
634

Aparecida do Taboado (MS) – O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus tem afetado - psicologicamente - milhares de pessoas ao redor do mundo e não é diferente em Aparecida do Taboado. Especialistas dizem que número de casos de depressão, ansiedade e estresse aumentou no município.

A sensação de confinamento e a incerteza do controle da doença são os principais agentes causadores de doenças psicológicas, conforme afirma a Dra. Eloisa Moris, psicóloga há 13 anos. Ela ainda diz que o excesso de informação e a ‘chuva de fake news’ também tem contribuído para o aumento dos casos.

Mas o que preocupa Eloisa é a falta de acompanhamento profissional dos pacientes que já tratavam esses e outros tipos de doenças, uma vez que nos últimos dois meses a clínica onde ela atende registrou queda de 40% no número de atendimentos, “mesmo a gente higienizando tudo, marcando consultas com intervalo de tempo suficiente para não haver contato e tendo tomado outras medidas de prevenção o medo tomou conta de muitos pacientes, que deixaram de dar sequência no tratamento. Isso é preocupante porque muitos deles fazem uso de medicamentos”, ressaltou ela.

Cresce número de casos de doenças psicológicas em Aparecida do Taboado durante a pandemia

Por outro lado, aumentou o número de pacientes novos. A psicóloga explica que com o isolamento social a economia acabou sendo afetada e isso trouxe alguns entraves financeiros para muitas famílias, que ainda estão tendo que lidar com outros problemas cotidianos, como ministrar e orientar aulas em casa, “são situações que acabam gerando conflitos internos, resultando no surgimento ou agravamento de doenças psicológicas”. Eloisa também acrescentou que isso ainda influencia na destruição de muitos laços familiares, “têm pessoas que não conseguem administrar essa pressão sozinhas e acabam entrando em guerra com membros familiares e, por isso, buscam ajuda”, esclareceu.

Mas também tem pessoas que deixam de procurar atendimento por falta de dinheiro ou conhecimento e acabam sofrendo sozinhas, em casa.

Para aliviar o estresse e controlar a ansiedade, a psicóloga sugeriu cuidar do corpo e da alma, “ler um bom livro, praticar alguma atividade física em casa mesmo, dar uma pequena caminhada no quarteirão ou assistir a um filme são coisas que podem fazer um bem enorme. Não devemos descuidar em nenhum momento do lado emocional”, disse ela.

Manter vínculos com familiares através da internet também é uma coisa que, segundo Eloisa, ajuda a minimizar a sensação de solidão e a diminuir a saudade, “e temos que ter certeza de que tudo isso vai passar. Do mesmo jeito que a gente sai de uma situação de felicidade, a gente vence um momento de tristeza. O que não pode é se entregar ao medo e à angústia”, orientou ela, esclarecendo que o acompanhamento de um profissional é sempre o mais indicado.

Psiquiatria

Pesquisa realizada na semana passada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) com cerca de 400 médicos de 23 estados e do Distrito Federal mostra que 89,2% dos especialistas entrevistados destacaram o agravamento de quadros psiquiátricos em seus pacientes devido à pandemia de Covid-19. De acordo com o levantamento, divulgado nessa segunda-feira (11) pela associação, 47,9% dos consultados tiveram aumento nos atendimentos após o início da pandemia. Essa expansão atingiu até 25%, em comparação ao período anterior, para 59,4% dos psiquiatras entrevistados.

Do total de entrevistados, 44,6% afirmaram ter percebido queda no número de atendimentos, por razões diversas, entre as quais interrupção do tratamento pelo paciente com medo de contaminação pelo vírus, restrições de circulação impostas pelas autoridades e redução no atendimento aos grupos de risco.

A pesquisa mostra também que 67,8% dos médicos receberam pacientes novos, que nunca haviam apresentado sintomas psiquiátricos antes, após o início da pandemia e do isolamento social. Outros 69,3% relataram ter atendido pacientes que já haviam recebido alta médica, mas que tiveram recidiva de seus sintomas.

 

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.