Eder Ahmad Charaf Eddine é o primeiro inocenciense finalista do mais importante prêmio de literatura do