Por maioria de votos Câmara de Aparecida do Taboado aprova criação e extinção cargos
Legislativo Municipal

Por maioria de votos Câmara de Aparecida do Taboado aprova criação e extinção cargos

Assessoria de Imprensa
17/06/2020
504

Na noite de 15 de junho de 2020, sob a presidência do Vereador José Rodrigues de Matos foi realizada a 20ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Aparecida do Taboado, oportunidade em que foram apreciados diversos Projetos de Lei, entre eles, o de criação e extinção de cargos.

Projeto de Lei Complementar n.º 05/2020, de 10 de junho de 2020, do Executivo, que “Dispõe sobre a criação, extinção e transformação de cargos em comissão do Poder Executivo”. Ou seja, sobre a criação de cargos em Comissão de Diretor de Departamento de Fiscalização de Obras e de Chefe de Departamento de Fiscalização de Obras e extinção dos seguintes cargos Chefe de Segurança do Trabalho e Diretor de Turismo, e transformação dos cargos de Diretor Recursos Humanos e Segurança do Trabalho e Diretor de Indústria Comércio e Turismo.

O mesmo foi tramitado em regime de Urgência Especial, sendo colocado em discussão, ao usar a palavra o vereador José Natan declarou que “este projeto consta uma mentira, e está escrito. Se em sete anos e meio de mandato a administração não viu que precisava desses cargos, porque em ano eleitoral véspera às eleições, há a necessidade dos mesmos. O projeto consta que não haverá gastos, isso é mentira, pois estão anulando dois cargos, sendo o de Diretor de Turismo e Diretor de Departamento de Recursos Humanos para fazer substituição, mas esses dois cargos não estão ocupados hoje, se você criar dois cargos e empregar, vai gerar uma despesa e não é barata, são quase 10 mil reais por mês. Manifesto contrário a esse projeto, pois me cheira cabide de emprego.

Quem tem que fazer fiscalização é funcionário de carreira ou uma empresa licitada que vai fazer o serviço correto”, declarou.

O Pastor Ronaldo Néris declarou que “é triste ver o prefeito querendo enganar o povo. Os cargos que ele quer criar é para sua quadrilha. Nas redes sociais a sociedade clama a fiscalização. Espero que o fiscal de carreira faça fiscalização e notifica a empresa que está fazendo o serviço. Agradeço aos colegas que dizem não na criação desses carguinhos. Projeto a cara do prefeito para enganar a sociedade”, disse o vereador.

O parlamentar Gilson de Barros disse “aqui é uma Casa de Leis, concordância e discordância. Está se afastando o engenheiro Igor pelo pleito eleitoral, já temos outra funcionária afastada a Jaqueline. Quem tem que ver a necessidade de funcionário é o prefeito. Tudo tem reclamações. Estamos aqui respeitando as ideias e os votos. Discordo e acho que há necessidade dos cargos sim. Vamos entregar o mandato e vai sobrar obras para o próximo prefeito terminar. Estão julgando sem saber nem quem vai assumir o cargo. Temos funcionários de carreira que estão afastados. O voto é individual e cada um assuma seu voto”, declarou

Colocado em votação, o mesmo foi aprovado por maioria de votos, a favor: Alaor, Andrey, Marcelo, Gilson e Zezão. Contrários: José Natan, Moysés, Walteir e Pastor Ronaldo.

A Câmara apreciou outros três Projetos
Projeto de Decreto Legislativo nº 05/2020, de autoria do vereador Pastor Ronaldo Néris de Jesus, que “Dispõe sobre a sustação do Decreto n.º 58, de 01 de junho de 2020, expedido pelo Prefeito Municipal de Aparecida do Taboado – MS.”

Tramitado em regime de Urgência Especial, o projeto foi colocado em discussão e votação, sendo aprovado por cinco votos favoráveis (José Natan, Marcelo, Moysés, Véião e Ronaldo) e quatro contrários (Alaor, Andrey, Gilson e Zezão)


VETO INTEGRAL ao Projeto de Lei nº 01/2020 – Legislativo, de autoria do vereador Ronaldo Néris de Jesus, que modifica e acrescenta dispositivos da Lei n.°1.265, de 8 de dezembro de 2009. Ficando modificado o Artigo 1.° da Lei 1.265, que passará ter a seguinte redação. Artigo 1.° - Esta Lei reformula o programa de desenvolvimento de Aparecida do Taboado – PRODEAT, criado em 1993..... ou seja, o município poderá doar bens imóveis de propriedade do município, como também conceder incentivos fiscais e econômicos para empresas que pretendam instalar no município desenvolvendo atividades industriais, desde que estas disponibilizem a totalidade das vagas de emprego gerados, às pessoas residentes e domiciliados em Aparecida do Taboado, ou que passem a residir...

Em discussão Ronaldo Néris declarou “quando fizemos essa lei era para assegurar 100% da mão de obra. Aparecida do Taboado tem renunciado a impostos, criando vagas de empregos, mas infelizmente estamos assistindo ônibus vindo de cidades paulistas e adentrando as empresas, enquanto os trabalhadores do município estão desempregados. Não estamos contra a contratação desse ou daquele trabalhador, desde que resida no município e venha passar o que nossa população passa. Isso é perseguição, quando asseguramos que quem faz renúncia de impostos tem que contratar pessoas do município. Estamos legislamos em prol dos munícipes. De forma sorrateira o prefeito persegue a minha legislatura. Não estamos tirando o serviço de ninguém, mas precisa residir em Aparecida do Taboado. Dizendo que estamos usando de xenofobia. Estão é tomando os empregos de nossa sociedade. Ele prejudica o desenvolvimento de Aparecida do Taboado”.

Colocado em votação o Veto foi mantido, obtendo cinco votos favoráveis (Alaor, Andrey, Marcelo, Gilson e Zezão) contrários (José Natan, Moysés, Ronaldo e Véião

Projeto de Lei nº 06/2020 – Legislativo, de autoria dos vereadores Moysés Chama de Carvalho e José Rodrigues de Matos, que “Dispõe sobre modificações na Lei Municipal n.º 1.632, de 05 de junho de 2020 e dá outras providências.” O mesmo foi encaminhado às Comissões Permanentes para receberem os devidos pareceres.

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.