Governo de MS lança edital para o Selo Social “Prefeitura Amiga da Mulher”, edição 2020
Governo Estadual

Governo de MS lança edital para o Selo Social “Prefeitura Amiga da Mulher”, edição 2020

Portal MS
12/05/2020
52

Foi publicado no diário oficial dessa segunda-feira (11.05) o Edital de Seleção SEGOV nº 01/2020, que dispõe sobre o Selo Social “Prefeitura Amiga da Mulher”, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, com objetivo de conhecer, valorizar e divulgar as práticas inovadoras e programas de enfrentamento à violência contra mulheres e de incentivo ao empreendedorismo feminino, desenvolvidas pelas Prefeituras Municipais de Mato Grosso do Sul, que possuam OPM – Organismo de Políticas para Mulheres em sua estrutura administrativa.

O Selo Social “Prefeitura Amiga da Mulher” foi instituído pelo decreto estadual nº 14.961, de 8 de março de 2018 e nas edições anteriores (2018 e 2019) selecionou projetos das Prefeituras Municipais de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Juti, Naviraí, Nioaque, Nova Andradina, Ponta Porã, Rio Verde de MT, Sidrolândia e Tacuru.

Para o Secretário de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, iniciativas como essa são importantes para promover a integração entre os órgãos municipais na construção de políticas públicas para mulheres, atuando em duas áreas que são prioridade: prevenção e combate à violência e empreendedorismo. “As mulheres são força importante do trabalho e da economia do nosso estado, mas vivendo em violência ninguém consegue produzir. Para criar, para fazer a economia girar, precisamos ter primeiro, garantido o direito de viver sem violência. Esse trabalho desenvolvido pelas Prefeituras Municipais é essencial e precisa ser divulgado para todo o estado. É isso que o selo social pretende: reconhecer e valorizar as boas práticas das nossas Prefeituras”, explica o secretário. 

Cada edição seleciona três projetos para receber o “selo destaque” e um dos vencedores de 2019 foi o “Projeto Acalento”, desenvolvido pelo médico-legista Guido Vieira, implantado no Hospital Universitário de Dourados para atendimento às mulheres vítimas de crimes sexuais, com acolhimento humanizado e atendimento especializado. “O atendimento completo no hospital tem grandes vantagens, tanto para o paciente quanto para a equipe multiprofissional envolvida no cuidado, pois reflete sobre a vítima uma sensação de acolhimento e aumenta as chances de resolução do caso, com a punição do autor”, esclarece dr. Guido.

“O programa Prefeitura Amiga da Mulher amplia a discussão sobre a garantia dos direitos humanos das mulheres, sobre o necessário enfrentamento à violência e sobre a igualdade no mundo do trabalho e autonomia econômica da mulher. Os municípios desenvolvem projetos valorosos que muitas das vezes não são de conhecimento do público em geral. A intenção do selo social é fomentar a discussão dessas políticas públicas em âmbito municipal, incentivando novas ideias e divulgando as boas práticas e iniciativas exitosas para todo o estado, que podem ser replicadas em outros municípios, em outras regiões, numa troca saudável e importante para o fortalecimento das políticas de enfrentamento à violência e empreendedorismo feminino, contribuindo para o protagonismo dos OPMs e de todas as mulheres sul-mato-grossenses”, explica a subsecretária Luciana Azambuja.

A partir de amanhã, as Prefeituras Municipais terão até o dia 9 de junho de 2020 para enviarem suas propostas, que devem seguir os critérios estabelecidos no edital e que serão avaliadas por um Comitê Julgador formado por representantes dos seguintes órgãos e instituições: Conselho Estadual de Direitos da Mulher, UEMS, UFMS, Assembleia Legislativa, Ministério Público Estadual, OAB, SEBRAE e ASSOMASUL, com coordenação da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, que está à disposição para eventuais esclarecimentos através do e-mail mulheres@segov.ms.gov.br. 

Notícias Relacionadas

Portal Costa Leste News

Portal de notícias de Aparecida do Taboado, Selvíria, Paranaíba e Inocência. Saiba tudo sobre o cenário político, econômico, turístico, cultural e policial da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

Registration Login
Registration Login
A password will be send on your post
Registration Login
Registration
Sobre o site

Política de Privacidade

A Política de Privacidade foi criada para reafirmar o compromisso do Costa Leste News com a segurança e a privacidade dos seus usuários de seus serviços “on-line”.

O “site” do Costa Leste News foi criado e desenvolvido de forma a assegurar que a privacidade “on-line” de seus usuários seja respeitada e os dados e informações pessoais devidamente protegidos, não sendo revelados a terceiros. Em nenhuma circunstância vendemos, alugamos ou trocamos informações pessoais.

O Costa Leste News adverte que nenhum armazenamento ou transmissão de dados na Internet é totalmente seguro, porém exerce todos os esforços para resguardar as informações coletadas dos usuários.

O Costa Leste News se compromete em manter a integridade das informações que nos forem fornecidas.

O Costa Leste News se reserva o direito de alterar sua política de privacidade, no todo ou em parte, mediante comunicação aos seus usuários, através desta página.

Termos de Uso

O material disponibilizado neste site é de caráter exclusivamente informativo e a utilização deste conteúdo é de inteira responsabilidade do usuário.

O Costa Leste News poderá modificar a forma e o conteúdo, bem como suspender ou cancelar, a seu exclusivo critério, a qualquer tempo, quaisquer dos serviços, utilidades, produtos ou aplicações disponibilizadas no site.

As informações disponíveis no site poderão ser atualizadas ou modificadas periodicamente e não devem ser interpretadas como definitivas.

O Costa Leste News empregará com afinco seus melhores esforços no sentido de conservar as informações e conteúdos contidos neste site de forma precisa, atualizada e completa quanto possível.

O Costa Leste News ou seus parceiros não poderão ser responsabilizados por qualquer perda ou dano, direto ou indireto, que decorram de:

O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, gráficos, tabelas, séries históricas e serviços oferecidos por meio do site são de propriedade do Costa Leste News ou de parceiros, não sendo autorizado sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site.

Em caso de utilização do conteúdo do site com a devida autorização, deverá constar como crédito: Costa Leste News. A inobservância do crédito acarretará na imediata revogação da autorização.

O site e seus serviços estão sujeitos a eventuais problemas de interrupção, falha técnica, ou indisponibilidade de funcionamento temporário.

O Costa Leste News estará isento de qualquer responsabilidade pelos danos e prejuízos de toda natureza que possam decorrer de falta de disponibilidade ou de continuidade do funcionamento do site e dos serviços.

Comentários:

O conteúdo dos comentários publicados no site é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do usuário e/ou visitante cadastrado. O Costa Leste News não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente das opiniões e comentários efetuados por terceiros.

Os comentários publicados, porém, serão pós-moderados e o Costa Leste News poderá, a qualquer tempo e a seu critério, excluir, parcial ou integralmente, qualquer texto que infrinja as normas legais ou as regras deste termo de uso, ou ainda em decorrência de denúncias, sem que isto gere qualquer responsabilidade ao Costa Leste News ou direito ao usuário e/ou visitante cadastrado.

Os comentários não devem conter mensagens publicitárias, material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informações sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias.

É proibido publicar qualquer material protegido por direitos autorias, sem a devida autorização do autor ou seu representante.

Se por mais de uma vez forem descumpridas quaisquer das regras expostas ou for verificado o exercício ilegal, o usuário e/ou visitante terá sua permissão de comentários cancelada.

A qualquer tempo e de maneira unilateral, o Costa Leste News poderá cancelar o sistema de comentários sem necessidade de aviso prévio.

Forma de acesso aos comentários:

Para se habilitar a fazer comentários no site do Costa Leste News, o usuário terá de preencher um cadastro fornecendo informações verdadeiras e exatas. Tais dados serão protegidos pelo Costa Leste News.

O cadastro dará ao usuário o direito de usar o espaço destinado a comentário.

O Costa Leste News registra o IP pelo qual o usuário acessou o sistema de comentários, para a eventualidade de precisar identificar o autor de um comentário.